Esteja entre os líderes que fortalecem o mercado da mandioca.

Reserve seu espaço na única feira internacional da mandioca
das Américas.

Um novo ciclo de desenvolvimento está começando. Faça parte dele.


Conecte-se
conosco


Da roça ao empreendedorismo

Benedito Dutra é produtor de mandioca no Pará, começou a trabalhar aos 10 anos na roça para ajudar a família. Desde então não parou mais e se tornou um empreendedor do campo, a partir do seu estudo, dedicação e com o apoio da Embrapa, por meio do Reniva. Dutra falou hoje (20) na FIMAN 2018, com a palestra “Inovações da produção de material de plantio de mandioca em campo”.

 

Há 40 anos o agricultor trabalha com o plantio da mandioca, sendo que na última década atua especificamente com o melhoramento genético – um segmento novo. Em sua apresentação, Dutra mostrou como produzir mini estacas de mandioca, com um passo a passo desde o plantio à colheita.

 

Primeiramente, falou sobre o controle das ervas daninhas, “é quase impossível fazer o controle manual, com a enxada. Deve ser feito com produtos químicos antes do plantio”, disse. Enfatizou que, apesar de mostrar como é feita produção pela agricultura familiar, a tecnologia também está disponível para as empresas realizarem em grande escala.

 

A mini estaca de mandioca tem, em média 15 cm, com um espaçamento de 40 x 25 cm, é possível fazer 100 mil covas com cinco estacas. Após 30 dias, segundo Dutra, faz-se uma seleção, deixando, no mínimo, três. Segundo agricultor, depois de 70 dias, praticamente “não se vê mais o solo”. Também deve ser feita uma adubação que ele chamou de “econômica”, por ser para as mini estacas. “Sem dúvida será ajustada o uso dos elementos químicos, porque ainda é uma novidade, em um cenário muito jovem”, disse.

 

Após seis meses ou até menos, é possível fazer a colheita de 500 mil a 1 milhão de mini estacas – no contexto descrito acima – dependendo da irrigação. “Há a necessidade de produzir 18 bilhões de mini estacas no Brasil, por isso compartilhamos a tecnologia, é uma grande oportunidade de negócio”, declarou. E ainda foi mais longe ao frisar a importância da livre concorrência. “O meu sonho é termos a possibilidade adquirir esses insumos em caixas de 100 unidades”.


Realização

Patrocínio

Apoio

Apoio institucional

Apoio de Mídia

Organização